Arquivo da categoria: SANGUE NOS OLHOS

SANGUE NOS OLHOS – ÚLTIMO CAPÍTULO

nova logo sangue

UMA WEB-NOVELA DE: Wc correia 

ADAPTAÇÃO: Joana Castro

DIREÇÃO: Caio Pires

Ú L T I M O   C A P Í T U L O 

Cena 01: Galpão/ Entrada

O galpão está totalmente escuro, Julia entra assustada.

Julia: Bianca, sua vadia. Aparece.

No fundo do galpão, Bianca liga algumas luzes deixando o ambiente em clima de tensão.

Bianca: Olá fofíssima, tudo bem?

Julia: Vamos direto ao ponto, o que você quer me falar?

Bianca: [Chorando] Sua mãe acabou com a minha vida.

Julia: Minha mãe?

Bianca: [Chorando] Sim! Sua mãe.

Julia: O que ela tem haver com o que você fez comigo?

Bianca: Tudo! Tudo mesmo, você sábia que minha mãe morreu por causa da sua mãe? Sábia sua cachorra?

Julia: Não fale assim comigo.

Bianca: Cala a boca se não eu dou um tiro na sua cabeça.

Julia: Quero ver a sua coragem. Sempre teve medo de matar até uma barata.

Bianca mira a arma em direção á Julia.

Bianca: Com a raiva que eu estou eu sou capaz de tudo meu amor.

Julia: Bianca, vamos conversar!

Bianca: [Chorando] Não tem conversa Julia, sua família acabou com a minha.

Julia: [Nervosa] Me explica essa história direito.

Bianca: Julia, eu sou sua irmã.

Julia: [Assustada] Como?

Bianca: Isso mesmo! Meu pai abandonou eu e minha mãe no Ceará pra ficar com a sua mãe. Deixou a gente na miséria sem nada. Minha mãe com desgosto se suicidou.

Julia: Desculpe, mas essa história está muito difícil de engolir.

Cena 02: Apartamento de Miguel/ Sala

Miguel sentado no sofá, o celular toca e ele atende.

Miguel: Oi, Pode falar!

Policial: O Miguel, Temos um sequestro aqui no galpão abandonado.

Miguel: Pode deixar, to indo.

Miguel coloca os sapatos e saí.

Cena 04: Galpão

O galpão está cercado pela polícia, Bianca fica nervosa.

Julia: [Chorando] Vamos se entregar Bianca, é o melhor.

Bianca: [Chorando] É o melhor? Passar o resto da minha vida presa? Eu prefiro é ficar livre no inferno.

Julia: O que você vai fazer?

Bianca tira uma caixa de fósforo dois peitos.

Bianca: [Chorando] Vamos pro inferno….MANINHA [Risos]

Bianca risca o fósforo e joga no chão, o fogo pega rápido, as chamas crescem deixando Julia e Bianca cercadas.

Julia: [Tossindo] Bianca, vamos sair daqui.

Bianca: Ta pensando que vai pra onde irmãzinha? A porta está trancada.

As chamas já toma conta do corpo de Bianca, Miguel e dois policias invadem o galpão.

Julia: [Tossindo] Miguel?

Miguel: [Tossindo] Julia vamos sair daqui…

Bianca: [Gritando] Nãaaaaaaaaaao, eu não posso morrer sozinhaaaaaaaaa.

Miguel pega Julia no colo e a leva, os dois policias também consegue sair, ao fundo da cena o galpão explode e começa a desabar.

4 meses depois…

Cena 05: Cidade Rio Grande/ Igreja / Sonoplastia: Marcelo Jeneci – Felicidade 

A cena é silenciosa, apenas a sonoplastia. Julia entra na Igreja sozinha, o padre faz a celebração. Miguel e Julia se beijam.

Cena 06: Igreja/ Entrada

Todos os convidados jogam arroz no casal. Sorridentes, eles entram no carro.

Julia: Amor, antes de ir para a festa eu queria dar uma passada no cemitério.

Miguel: Você vai assim amor?

Julia: Sim! Era o sonho dos meus pais me verem casando.

Miguel: Motorista, corta por cemitério por favor.

Cena 07: Cemitério/ tumulo de Apanina e Gilberto.

Julia está muito emocionada.

Julia: [Chorando/Feliz] Olha mãe, olha pai. Eu to conseguindo ser feliz, to casada com um homem maravilhoso [Olha para Miguel] Fico muito triste em saber que nesse momento vocês não estão aqui do meu lado, mas fico feliz por está realizando um sonho de vocês.

Miguel: Amor desculpe parecer grosso, mas a gente tem que ir pra festa.

Julia: Em pensar que foi a Dora que matou minha mãe, me da vontade de matar aquela infeliz.

Miguel: Amor, como se mata alguém que já está morto?

Julia: Foi tarde aquela condenada.

Miguel: Não quer ir no tumulo da Bianca não?

Julia: Melhor não! Vamos embora.

Miguel e Julia caminham pelo cemitério.

Cena 08: Aeroporto/ Sala de Embarque

Abigariu está sentada bem tristonha, um homem chega e senta ao seu lado.

Homem: Olá, esperando o voo para recife também?

Abigariu: Sim!

Homem: Ótimo! Eu também.

Abigariu: Vai ficar em que lugar de Recife?

Eles continuam conversando, a cena vai perdendo o som.

Cena 09: Casa de Ana/ Quarto

Ana deitada, Roberto acaba de chegar no trabalho.

Roberto: Oi minha paixão, to doidinho pelo seu corpo nu.

Ana: Vai tomar banho primeiro. Você está podre.

Roberto: Nossa! A Abigariu nunca me falou isso.

Ana: Vai atrás dela então.

Roberto beija Ana a força.

Cena 10: Casa de festas/ Pista de Dança.

Julia e Miguel chegam, eles cumprimentam os convidados, Morena e Alma chegam.

Morena: Oh meu netinho lindo da vovó, meus parabéns amores. Que vocês sejam muito felizes em nome de Jesus graças a Deus. Julia, só pra falar que meu netinho é viciado em sexo igual a avó aqui. Vai ter que dar umas quatro vezes por dia.

Alma: Morena! Isso é coisa que se fala.

Miguel: Julia não liga não meu amor, minha  avó é assim mesmo.

Julia: Ah para, adorei você Morena.

Morena: Gente, perdoe minha educação. Essa é minha amiga Alma.

Miguel: Ela que é mãe da Mirela?

Morena: Isso mesmo.

Alma: Você conhece minha filha?

Miguel: Conheço só por fotos. Minha vó era doida pra mim casar com ela

Morena: Mas agora os dois estão muito bem casados. Mas uma surubinha de vez em quanto é maravilhoso.

Todos riem.

Miguel: Minhas lindas, temos que ir, foi um prazer te conhecer dona Alma.

Alma: O prazer foi todo meu, curtam bastante a lua de mel.

Miguel: Pode deixar

Miguel e Julia saem.

Morena: Amiga vamos pra pista porque eu quero dar pelo menos pra três hoje.

Alma: [Risos] Você não muda nem em outras freguesias.

Morena: Jamais!

As duas caminham até a pista de dança.

Cena 11: Praia/ por do sol

Miguel e Julia caminham pela praia.

Julia: Você de longe foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida.

Os dois se beijam.

fim de sino

NOTA DA AUTORA: Queria agradecer a toda direção do blog por ter confiado no meu trabalho para dar sequência a essa história que eu amei concluir. Queria pedir desculpas ao autor Wc Correia se eu não deixei o final do jeito que ele queria agradecer também ao público por ter acompanhado Essa história. Se você curtiu Sintomas de amor e Sangue nos olhos, com certeza também irá gostar de Amor, Amor.

Próxima segunda (08) estreia sua nova web-novela das oito

logo oficial

SANGUE NOS OLHOS – PENÚLTIMO CAPÍTULO

nova logo sangue

UMA WEB-NOVELA DE: Wc correia 

ADAPTAÇÃO: Joana Castro

DIREÇÃO: Caio Pires

Cena 01: Cidade Rio Grande/ Praia/ Mirante do sol

Julia está em pé de frente a um enorme penhasco. No fundo da cena está Miguel andando de bicicleta ele reconhece Julia e vai até ela.

Miguel: Oi, lembra de mim?

Julia se vira assustada.

Julia: Ah, oi lembro sim!

Miguel: Você ta bem? Parece aflita.

Julia: Estou muito nervosa..

Julia começa a chorar, assustado com a reação da moça, Miguel joga a bicicleta no chão e abraça Julia.

Miguel: O que houve?

Julia: Mataram minha mãe.

Miguel: Como?

Julia: É uma longa história, agora estou sozinho no mundo.

Miguel: Calma, eu vou cuidar de você.

 

Cena 02: Apartamento de Miguel/Quarto

Miguel: Nossa cara! Eu no seu lugar faria a mesma coisa.

Julia: Minha vida está destruída.

Miguel: Nunca é tarde para recomeçar minha linda, podemos começar isso juntos.

Julia: Não Miguel, é melhor você não se envolver comigo enquanto eu não acabar com todos que fizeram isso comigo.

 

Cena 03: Casa de Bianca/ Sala

Bianca entrega uma carta na mão de George

Bianca: George, pega essa carta e coloque de baixo da porta da Julia, hoje a noite uma de nós duas não saí viva.

 

Cena 04: Apartamento de Miguel/ Sala

Julia: [Chorando] Além de não ter ninguém no mundo, eu ainda posso ser presa.

Miguel: Pode ficar tranquila. Sou delegado e conheço uns bons juízes que vão limpar sua barra, mais uma coisa eu te digo, tenta não matar mais ninguém.

Julia: Mas eu tenho que me vingar.

Miguel: Você não tem que se vingar coisa nenhuma.

 

Cena 05: Casa de Julia/ Sala

A casa está completamente escura, Julia abre a porta acende a luz e vê uma carta no chão.

Julia: [Lendo a carta] Olá amiga, tudo bem? Espero que esteja. Quero muito te encontrar no galpão hoje a noite para decidimos o nosso futuro. Uma coisa eu te digo, venha sozinha.

Julia joga a carta no chão, ela vai até seu quarto pega uma arma e vai ao encontro de Bianca.

 

Cena 06: Cidade Rio Grande/ rua

George e Rafael estão caminhando em direção ao galpão quando duas viaturas da polícia o cercam.

Policial: Vocês estão presos.

George: Porque meu caro? Não fizemos nada.

Policial: Tem certeza? Só estupraram e mataram.

Os polícias algemam os dois. Revoltado, Rafael entrega Bianca também.

Rafael: Não estamos sozinhos não, tem outra moça envolvida, e se vocês não reagirem rápido ela poderá fazer outra besteira.

Policial: Então nos leva até lá

 

Cena 07: Galpão/ Entrada

O galpão está totalmente escuro, Julia entra assustada.

Julia: Bianca, sua vadia. Aparece.

No fundo do galpão, Bianca liga algumas luzes deixando o ambiente em clima de tensão.

Bianca: Olá fofíssima, tudo bem?

Julia: Vamos direto ao ponto, o que você quer me falar?

Bianca: [Chorando] Sua mãe acabou com a minha vida.

Julia: Minha mãe?

Bianca: [Chorando] Sim! Sua mãe.

Julia: O que ela tem haver com o que você fez comigo?

Bianca: Tudo! Tudo mesmo, você sábia que minha mãe morreu por causa da sua mãe? Sábia sua cachorra?

Julia: Não fale assim comigo.

Bianca: Cala a boca se não eu dou um tiro na sua cabeça.

Julia: Quero ver a sua coragem. Sempre teve medo de matar até uma barata.

Bianca mira a arma em direção á Julia.

___ FIM DO CAPÍTULO___

Próxima segunda (08) estreia sua nova web-novela das oito

logo oficial

 

SANGUE NOS OLHOS – CAPÍTULO 08 – ANTEPENÚLTIMO CAPÍTULO

nova logo sangue

UMA WEB-NOVELA DE: Wc correia 

ADAPTAÇÃO: Joana Castro

DIREÇÃO: Caio Pires

Cena 01: Casa de Apanina/ Quarto

O quarto está escuro, Apanina está dormindo. Uma arma silenciadora é apontada para Apanina, sem querer a pessoa deixa cair um copo no chão fazendo com que Apanina acorde.

Apanina: [Assustada/gaga] Por favor, não faça isso.

Um tiro é disparado, Apanina caí dura na cama.

O DIA AMANHECE…

 

Cena 02: Casa de Apanina/ Manhã

Julia se levanta, caminha até o corredor e percebe que alguém entrou em casa pois a janela que dá acesso aos fundo da casa está quebrada.

Julia: O que será que aconteceu aqui meu Deus?

Julia entra no quarto de Apanina e se assusta ao ver a mãe morta.

Julia: [Gritando/Chorando] Nãaaaaaaaaao! A Bianca me paga!

 

Cena 03: Casa de Abigariu/ Cozinha

Abigariu e Roberto estão arrumando as mudanças, Ana abre a porta desesperadamente.

Ana: [Chorando] Meu amor, não vá por favor.

Abigariu: Que zona é essa na minha casa?

Ana: [Chorando] Me perdoe Abigariu, eu amo seu marido.

Abigariu fica pensativa.

Roberto: Ana, eu já falei que é a Abigariu que eu amo.

Abigariu: Não! Eu sei que você é doido pela Ana. Fique com ela meu amor, eu sei que você não vai ser feliz comigo lá em Sergipe.

Roberto: Mas eu também te amo meu amor.

Abigariu: Você que pensa meu amor, Quem você ama de verdade é a Ana. Agora vai, vai ser feliz com a mulher da sua vida.

Roberto: Tem certeza?

Abigariu: [Chorando] Tenho!

Ana abraça Abigariu

Ana: Muito obrigado, e me perdoe por tudo que eu fiz.

Abigariu: Cuide bem do Roberto.

Os três se abraçam emocionados.

 

Cena 04: Casa de Bianca/ Sala

Bianca, George e Rafael estão conversando sobre a madrugada anterior, Bianca está muito nervosa.

Bianca: [Nervosa] Pelo amor de Deus! Digam a verdade. Não foi nenhum de vocês que mataram a velha né?

George: Eu não fui.

Rafael: Muito menos eu.

Bianca: [Nervosa] Alguém acabou com os nossos planos. Eu queria torturar a velha até a morte. Alguém foi mais esperto e fez isso.

UMA SEMANA DEPOIS….

Cena 05: Casa de Julia/ Sala

Julia está muito abalada com a morte de sua mãe, ela caminha pela estante e olha fotos de momentos muito especiais.

Julia: [Chorando] Mãe, eu prometo vingar sua morte nem que eu tenha que queimar no inferno. Estou de saco cheio dessa vida.

Julia pega a chave do carro e saí.

 

Cena 06: Cidade Rio Grande/ Praia/ Mirante do sol

Julia está em pé de frente a um enorme penhasco. No fundo da cena está Miguel andando de bicicleta ele reconhece Julia e vai até ela.

Miguel: Oi, lembra de mim?

Julia se vira assustada.

Julia: Ah, oi lembro sim!

Miguel: Você ta bem? Parece aflita.

Julia: Estou muito nervosa..

Julia começa a chorar, assustado com a reação da moça, Miguel joga a bicicleta no chão e abraça Julia.

Miguel: O que houve?

Julia: Mataram minha mãe.

___ FIM DO CAPÍTULO___

Próxima segunda (08) estreia sua nova web-novela das oito

logo oficial

 

SANGUE NOS OLHOS – CAPÍTULO 07 – ÚLTIMA SEMANA

nova logo sangue

UMA WEB-NOVELA DE: Wc correia 

ADAPTAÇÃO: Joana Castro

DIREÇÃO: Caio Pires

Cena 01: Casa de Apanina/ Sala

Apanina e sua cuidadora Dora estão assistindo TV quando a Campainha toca. Dora se levanta caminha até a porta e abre.

Dora: Pois não?

George: Poderia falar com a Julia?

 Dora: A Júlia não está, se quiser deixar recado.

George: Não precisa, depois eu volto.

Dora fecha a porta e vê Apanina Chorando.

Dora: [Nervosa] O que aconteceu Dona Apanina?

Apanina: [Chorando/gaga] Esse menino estuprou a minha filha.

Dora: Como? A Julia foi estuprada?

Apanina: [Chorando/gaga] Sim!

Dora sem saber o que fazer pega seu celular que está na estante e liga para Julia.

 

Cena 02: Restaurante/ Balcão

Julia muito pensativa, o telefone toca e ela nem percebe.

Garçom: Senhora, seu celular está tocando.

Julia desperta

Julia: Ah sim! Obrigada.

Julia atente.

Julia: Oi Dora, algum problema?

Dora: [Por celular] Sim dona Julia, sua mãe está bastante nervosa e chorando muito.

Julia: [Assustada] Mas o que aconteceu pra ela ficar assim?

Dora: [Por telefone] Um homem veio aqui e perguntou se você estava. Quando ele foi embora sua mãe começou a chorar desesperadamente e começou a falar que era o homem que tinha te estuprado, fiquei sem entender nada.

Julia: [Nervosa] Pelo amor de Deus, não sai daí de jeito nenhum, to indo.

Julia desliga o telefone, pega sua carteira dentro da bolsa e coloca uma nota de cinquenta reais encima do balcão e saí correndo desesperada. No fundo da cena está Miguel sem entender o que está acontecendo.

Miguel: Poxa, o que será que aconteceu?

 

Cena 03: Casa de Bianca/ Quarto

Bianca deitada brincando com uma arma, no seu olhar aparece o reflexo da arma.

Bianca: Você roubou tudo que era meu e agora vai me pagar por cada segundo que eu passei morrendo de fome. Eu vou vingar a morte da minha mãe sua imunda.

 

Cena 04: Casa de Apanina/ Sala

Dora tenta acalmar Apanina, Julia abre a porta rapidamente e fecha.

Julia: Mãe, o que aconteceu?

Apanina: [Chorando/gaga] Ele vai nos matar filha.

Julia: Mamãe, vamos ter que sair da cidade.

Dora: Porque dona Julia?

Julia: O que ela te contou realmente aconteceu.

Dora: Você foi estuprada?

Julia: Fui sim, mais isso agora não vem ao caso.

 

Cena 05: Galpão/ noite

No Galpão estão Bianca, George e Rafael.

Bianca: Estão preparados meninos?

George: Melhor ela morrer, do que nós.

Rafael: Temos que vingar cada Vítima que ela fez.

Bianca: Eu vou conseguir recuperar tudo que é meu de volta.

 

Cena 06: Casa de Apanina/ Quarto de Dora

Dora está nervosa sem saber o que fazer, ela caminha de um lado pra outro. Ela para, corre até uma gaveta e pega uma arma e saí do quarto.

 

Cena 07: Casa de Apanina/ Quintal

No quintal estão Bianca, George e Rafael. Eles se preparam para entrar na casa.

 

Cena 08: Casa de Apanina/ Quarto

O quarto está escuro, Apanina está dormindo. Uma arma silenciadora é apontada para Apanina, sem querer a pessoa deixa cair um copo no chão fazendo com que Apanina acorde.

Apanina: [Assustada/gaga] Por favor, não faça isso.

Um tiro é disparado, Apanina caí dura na cama.

___ FIM DO CAPÍTULO___

Sem Título-1

SANGUE NOS OLHOS – CAPÍTULO 06 – ÚLTIMA SEMANA

nova logo sangue

UMA WEB-NOVELA DE: Wc correia 

ADAPTAÇÃO: Joana Castro

DIREÇÃO: Caio Pires

Cena 01: Casa de Apanina/ Quarto de Júlia

Julia deitada pensativa.

Julia: [chorando] Deus me perdoe por tudo que eu estou fazendo e o que eu ainda vou fazer, eu não consigo pensar em outra coisa a não ser vingança. Eu preciso agir logo antes que a Polícia me procure.

 

Cena 02: Casa de Bianca/ Sala

Bianca, George e Rafael aflitos discutem sobre o futuro de cada um.

George: [Nervoso] Você que nos meteu nessa furada Bianca, agora trate de tirar.

Rafael: [Chorando] Eu to morrendo de medo de morrer.

Bianca: Vocês são homens ou covardes? O único jeito de tirar a Júlia do nosso caminho é matando ela, ou melhor. Quem sabe matando a mãe dela ela não sossega?

Rafael: Ta maluca Bianca? A gente tem que fugir pra um lugar bem distante daqui.

Bianca: Vocês são uns merdas mesmo.

George: Bianca, éramos cinco. Em menos de duas semanas a Julia já matou quatro pessoas.

Bianca: Para de pensar nos outros e pensa na gente. Eles já morreram, não tem mais saída.

 

Cena 03: Casa de Abigariu/ Quarto

Abigariu deitada na cama com Roberto.

Abigariu: Roberto, se você me ama de verdade como você diz, vem ir morar comigo em Sergipe?

Roberto: Sergipe amor?

Abigariu: É! Quero cuidar da minha mãe, e lá eu posso trabalhar e cuidar dela ao mesmo tempo.

Roberto: Como vamos viver lá meu amor?

Abigariu: Na mercearia dela. Quem cuida atualmente é uma sobrinha, mais minha mãe diz que ela pega muito dinheiro.

Roberto: Ah amor, então vamos. Estamos desempregados mesmo e daqui a algum tempo o dinheiro acaba.

Abigariu: Tem certeza que você quer ir?

Roberto: Porque não teria meu amor?

Abigariu: E a Ana?

Roberto: Eu percebi que a Ana é apenas uma mulher atraente, e também percebi que a mulher que faz de tudo para me fazer feliz é você. A Ana é viciada em sexo, toda hora ela quer dar uma, eu não aguento isso não, minha vida está destinada a sua.

Abigariu: [Risos] Em cinco anos de casado essa é a coisa mais linda que você já me falou.

Eles se beijam.

 

Cena 04: Restaurante/ balcão

Julia está brincando com seu como de caipirinha, ela está muito pensativa e aflita, um lindo rapaz chega ao lado dela e pede um drink, ele chega pertinho dela.

Miguel: Oi, posso te acompanhar?

Julia: [seca/chata] Não, não conheço você.

Miguel: É uma bela oportunidade da gente se conhecer.

Julia: Moço, por favor. To precisando muito esclarecer a cabeça e preciso ficar sozinha.

Miguel: Tudo bem! Mas se quiser uma companhia, estou numa mesa atrás de você.

Eles se entreolham e Julia fica encantada.

 

Cena 05: Casa de Apanina/ Sala

Apanina e sua cuidadora Dora estão assistindo TV quando a Campainha toca. Dora se levanta caminha até a porta e abre.

Dora: Pois não?

George: Poderia falar com a Julia?

Dora: A Júlia não está, se quiser deixar recado.

George: Não precisa, depois eu volto.

Dora fecha a porta e vê Apanina Chorando.

Dora: [Nervosa] O que aconteceu Dona Apanina?

Apanina: [Chorando/gaga] Esse menino estuprou a minha filha.

 

___ FIM DO QUARTO CAPÍTULO___

Sem Título-1

 

Sangue nos olhos – As emoções da última semana

nova logo sangue

LOGO – REPRODUÇÃO

Bianca, George e Rafael estão aflitos e com o medo do destino.

George: [Nervoso] Você que nos meteu nessa furada Bianca, agora trate de tirar.

Rafael: [Chorando] Eu to morrendo de medo de morrer.

Bianca: Vocês são homens ou covardes? O único jeito de tirar a Julia do nosso caminho é matando ela, ou melhor. Quem sabe matando a mãe dela ela não sossega?

Julia tem uma nova chance de amar.

Miguel: Oi, posso te acompanhar?

Julia: [seca/chata] Não, não conheço você.

Miguel: É uma bela oportunidade da gente se conhecer.

Você não pode perder as emoções da última semana de “Sangue nos olhos”

E na próxima segunda.. 

O amor é o sentimento mais lindo que existe no mundo.

De Vitor Alves

logo oficial

SANGUE NOS OLHOS – QUINTO CAPÍTULO – ÚLTIMOS CAPÍTULOS

nova logo sangue

UMA WEB NOVELA DE: JOANA CASTRO 

DIREÇÃO: CAIO PIRES

_____5° CAPÍTULO_____

Cena 01 / Cidade Rio Grande/ Noite / Restaurante

Kaio: Mãe sinta-se a vontade que o restaurante hoje é todo nosso…

Mãe de Caio: Mas porque você reservou o restaurante inteiro só pra gente…

Kaio: Por motivos pessoais mãe… Nós mereçamos essa noite!

Mãe de Caio: Filho vou ao toalete, volto já já…

A mãe de Kaio vai ao toalete e em seguida es que surge…

Júlia: “Respeite a mulher, seja ela bem ou mal vestida… De saia ou de short, Respeite … Pois você nunca sabe o que está por trás de uma mente feminina ” né Kaio?!

 Kaio: [assustado] Julia?! Não por favor não me mata…

Júlia: Para de pedir pra mim não te matar… Eu vou te matar, seja aqui ou em outro lugar…

Kaio: [gritando] Seguranças !!!

Julia: Ah, seus seguranças ?! Morreram…

Kaio dá um grito desesperado Júlia pega uma arma e manda Kaio sentar na cadeia…

Júlia: Senta Kaio e não se atreva a se mexer…

Julia amarra Kaio …

Julia: Calma Kaio , hoje você vai se divertir pra valer …

A mãe de Kaio quebra uma garrafa de vinho na cabeça de Julia.

Julia: Maldita!

Mãe de Kaio : Larga meu filho se não…

Julia: Se não o que velha maldita?!!!

Mãe de Kaio : Eu jogo outra garrafa na sua cabeça…

Julia: Cala a boca!

Julia pega sua arma e acerta 2 tiros no peito da mãe de Kaio…

Kaio: [gritando] Nãaaaao! Porque fez isso?

Julia: Pra você sentir o prazer de ter alguém que você ama morto.. Se bem que você não vai sofrer tanto, vai morrer também.

Kaio: Julia, por favor não me mata.

Julia: Calma meu anjo, não vou atirar em você.

Julia pega a arma e joga pra fora do restaurante, no chão a vários galões de gasolina. Ela pega os galões e saí jogando por todos os lados. Kaio começa a gritar desesperado.

Kaio: [chorando/desesperado] Por favor Júlia, tenha piedade.

Julia: Quantas vezes eu falei isso naquele dia? E vocês? Tiveram piedade? [responde gritando] Nãaao.

ELA RISCA O FÓSFORO

Julia: qual será sua última palavra?

Kaio: [com raiva] Te encontro do inferno.

Julia: Se Deus quiser.

Julia joga o fósforo no chão e as chamas crescem rapidamente ao redor de Kaio.

Kaio: [gritando em chamas] Nãaaaao!

Julia saí correndo do local, ela entra no carro e a cena foca no restaurante em chamas.

 

Cena 02: Rio Grande/ Casa de Ana/ quarto

Depois de transarem, Roberto saí deixando Ana dormindo.

Roberto: Desculpe Ana! Mais é a Abigariu que eu amo.

Roberto se veste e saí

 

Cena 03: Galpão/ noite

No galpão está Bruno limpando um carro quando um tiro e disparado.

Bruno: [baleado/gemendo] Quem está aí?

Julia: Oi Bruninho? Lembra ta titia aqui?

Bruno: Julia?

Julia: A própria em carne e osso.

Julia dispara um tiro na cabeça de Bruno que cai já morto no chão.

 

Cena 04: Casa de Apanina/ sala/ noite

Apanina em suas cadeiras de rodas está assistindo televisão quando Julia entra em casa aflita.

Apanina: [gaga] O que houve minha filha?

Julia: [aflita/nervosa] Nada mãe! Vou pro meu quarto.

Julia entra em seu quarto

 

Cena 05: Casa de Ana/ Quarto

Ana acorda procurando Roberto

Ana: Roberto meu amor? Vem cá, vamos dá mais uma.

Ana se desespera ao ver que Roberto não está.

Ana: [com raiva] Será possível que aquele filha da mãe foi atrás da Abigariu?

 

Cena 06: Casa de Abigariu/ noite/ cozinha.

Abigariu fazendo o jantar pensativa quando Roberto chega por trás agarrando e fazendo caricias.

Roberto: Meu amor, me perdoa por favor?

Abigariu: Você sabe muito bem que eu sou uma mulher séria. Você vai ter que decidir agora com quem você vai ficar. Comigo ou com ela?

Close em Roberto sem saber responder.

 

Cena 07: Casa de Apanina/ Quarto de Júlia

Julia deitada pensativa.

Julia: [chorando] Deus me perdoe por tudo que eu estou fazendo e o que eu ainda vou fazer, eu não consigo pensar em outra coisa a não ser vingança. Eu preciso agir logo antes que a Polícia me procure.

 

___ FIM DO QUARTO CAPÍTULO___

Sem Título-1